ASO: passo-a-passo para otimização da APP Store

Navegue por tópicos!

As lojas de aplicativos são ferramentas utilizadas pelas marcas para aproximar ainda mais os consumidores dos produtos oferecidos pelas empresas. E, assim como os sites e lojas virtuais precisam de otimização para um bom tráfego orgânico no Google, as lojas de aplicativos exigem o mesmo cuidado. 

Para isso, então, existe o ASO, que em inglês significa “App Store Optimization” (otimização de loja de aplicativos). 

Neste post do Guia de SEO, você vai conhecer os requisitos mais importantes da ASO e como a otimização ASO se difere um pouco do SEO que conhecemos. Confira mais! 

O que é ASO?

A App Store Optimization consiste em diversas estratégias e boas práticas para dar às lojas de aplicativos maior destaque orgânico. Tais estratégias, portanto, são utilizadas tanto em lojas da Google Play Store quanto para Apple App Store. 

Embora tenha alguma similaridade com SEO, pois as técnicas trabalham com palavras-chaves e descrição de imagens, nem tudo o que funciona para SEO funciona para ASO. 

Afinal, o ponto de partida do SEO são os mecanismos de busca, incluindo Google, Bing e Yahoo. Já o ASO tem como ponto de descoberta dos usuários a própria navegação dentro dos aplicativos. 

Sendo assim, vamos analisar melhor quais fatores são realmente relevantes para a otimização de lojas de aplicativos e qual passo-a-passo seguir para isso. 

Fatores de posicionamento no ASO

Da mesma forma que o SEO (Search Engine Optimization) tem seus inúmeros fatores de ranqueamento, o ASO tem os dele. E, por isso, vale conhecer os principais:

Busca de palavra-chave

Assim como ocorre em SEO, no ASO as palavras-chaves devem ser planejadas. Afinal, são elas que permitem que os usuários encontrem o seu aplicativo nas lojas. 

Para fazer o estudo de palavras-chaves, priorize as que apresentam um alto volume de buscas e baixa concorrência, fazendo um mapeamento completo de volume  e relevância de cada palavra-chave

Dica: use 5 palavras (no máximo) na Google Play Store e 10 palavras na Apple Store. 

Título e descrição também é importante no ASO 

O título é o nome do aplicativo e é um dos elementos mais relevantes no ASO. Então, para fazer um título dentro das melhores práticas, produza títulos com até 30 caracteres para a Apple e 50 caracteres para a Play Store

ASO Otimização de título e pesquisa

O usuário verá as 10 primeiras letras, portanto, coloque o nome do aplicativo logo no começo.

Já a descrição para a Play Store permite frases de até 80 caracteres (a mais curta) e 4 mil caracteres (a mais longa). Por outro lado, a App Store oferece apenas um campo de descrição, com até 4 mil caracteres. 

Uso de logotipo

Dentro do aplicativo, existem os fatores de ranqueamento técnicos, que são extremamente importantes para posicionar bem um aplicativo dentro da loja. Mas existem também os critérios de melhor experiência do usuário

E, nesta parte, entra a parte visual, com destaque para o logotipo. O ideal é que o símbolo que identifica uma marca seja clean e sem uso de textos em conjunto. Além disso, sempre que houver mudanças no logotipo no site ou na loja virtual, lembre-se de trocar o logotipo no app.

Outro ponto importante é o tamanho do logo a ser inserido na loja de app: na App Store, a medida é 1024 x 1024 pixels. Já na Google Play Store é 512 x 512 pixels. 

Imagens descritivas

Sabemos que as imagens têm grande impacto na conversão de downloads de apps. Portanto, as imagens precisam manter uma identidade visual que “converse entre si”, ou seja, que tenha um mesmo estilo de cores e padrão de elementos

ASO - Otimização de Imagens

Além disso, pense em como deseja vender seu app dentro da loja. Depois disso, avalie se as imagens utilizadas realmente induzem o usuário a tomar a ação que você espera. 

Caso contrário, repense as imagens usadas para atrair a atenção dos usuários dentro de cada plataforma. Na App Store é possível “subir” até 6 imagens. Na Play Store são aceitas até 16 imagens. 

Vídeos demonstrativos

Os vídeos demonstrativos são recursos poderosos quanto a intenção é atrair os olhares e a curiosidade dos usuários. 

São, portanto, ferramentas que você pode aproveitar para explicar mais sobre o seu aplicativo, o que ajuda a aumentar a credibilidade do seu produto também. 

Então, para utilizar vídeos, atente-se para o fato de que esse material deve ter até 1 minuto de duração. Além disso, cabe destacar que esse tipo de conteúdo nas screenshots (imagens) eleva o posicionamento do seu aplicativo nas plataformas. 

Coloque seu aplicativo na categoria correta

Qual é a categoria do seu aplicativo? Pense nisso e faça a escolha certa ao cadastrar seu app na loja. Isso porque a categoria indica ao usuário do que trata seu produto. 

Além disso, cerca de 50% dos usuários das lojas fazem o download dos apps diretamente na área da categoria. 

Avaliações

A avaliação do seu aplicativo dentro das lojas contribui para o posicionamento do seu app, servindo de referência para os usuários. Quanto maior sua pontuação na avaliação (que vai até 5), maior a credibilidade e a influência do seu app. 

Por isso, tente manter sua avaliação acima das 4 estrelas! E o que fazer para conseguir isso? 

  • Dica 1: Sempre responda aos comentários dos usuários, até mesmo os negativos;
  • Dica 2: Responda com educação, pensando sempre em sanar dúvidas e observando que algumas críticas podem servir de inspiração para melhorias no seu produto. 
  • Dica 3: Pense em estratégias dentro do seu aplicativo para incentivar uma boa avaliação

Análise de concorrência

Para melhorar a performance de downloads do seu app, vale também observar o que estão fazendo seus concorrentes para terem uma boa performance. Desse modo, utilize duas ferramentas: o Sensor Tower e o AppAnnie

Eles permitem que você verifique o desempenho dos concorrentes e faça uma comparação com a performance do seu app. Esses dois sites possuem a versão free e a versão paga, que amplia as ferramentas de análise. 

Com essas dicas, você poderá melhorar o volume de downloads do seu app dentro das lojas, aumentando suas conversões de vendas ou conversões com outros objetivos. 

Fique por dentro de mais novidades no blog do Guia de SEO!

Nossas redes sociais:
Não achou o que procurava ?